Home

Finpartner

Services

Ideas & Insights

Team

Partnerships

WebApp

Contacts

Finpartner is ISO 9001:2015 certified.



Newsletter Novembro 2022

Nov 29, 2022 | 0 comments

Newsletter Novembro 2022

 

Aprovação Orçamento da União Europeia

No dia 22 de novembro foi aprovado pelo conselho da União Europeia o orçamento comunitário para 2023. A maior parte dos montantes serão destinados à política de coesão e agrícola e ao mercado único.

Este orçamento tem em causa autorizações totais fixadas em 186,6 mil milhões de euros e um total de pagamentos que ascenderá a 168,6 mil milhões.

Maior parte destas transferências destinar-se-ão a verbas à coesão, resiliência e valores (70,59 mil milhões de euros), seguindo-se a rubrica de recursos naturais e ambiente (57,26 mil milhões de euros) e do mercado único, inovação e digital (21,55 mil milhões de euros).

O restante montante divide-se pelas rubricas de vizinhança e o mundo, administração pública europeia, migração e gestão de fronteiras, instrumentos especiais e segurança e defesa.

Esta proposta foi aprovada com 440 votos a favor, 117 contra e 77 de abstenções e equivale a 1,14% do rendimento nacional bruto dos 27 Estados-membros.

 

Aumento das taxas Euribor

Na passada sexta-feira, dia 25 de novembro, as taxas Euribor voltaram a subir para novos máximos desde o início de 2009. A Euribor a três e seis meses subiram enquanto a Euribor a doze meses desceu.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal para os créditos à habitação, encontra-se a 2,374%, mais 0,006 pontos, um máximo desde janeiro de 2009. A Euribor a seis meses esteve negativa durante cerca de seis anos e está positiva desde 06 de junho.

A taxa Euribor a três meses também subiu e está fixada em 1,922% mais 0,014 pontos. Esta Euribor atingiu um novo máximo desde fevereiro de 2009 e está positiva desde 14 de julho.

Já a Euribor a doze meses, baixou esta sexta-feira, estando fixada em 2,860% menos 0,019 pontos do que se apresentava na quinta-feira onde tinha subido ao seu máximo desde 2009.

Com o objetivo de travar a inflação, o Banco Central Europeu (BCE) tem subido as três taxas de juro sendo as mesmas fixadas pela média das taxas às quais o conjunto dos 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro.

Prevê-se que as taxas Euribor subam para os 3% em 2023 dificultando a vida dos cidadãos que têm empréstimos habitacionais para pagar.

 

 

Download do documento ⬇️

Finpartner WhatsApp
Send via WhatsApp
Share This